calculator (3).png
COTAR SEGURO

Veja os novos valores das principais multas e infrações de trânsito

03/08/2018

 VEJA OS NOVOS VALORES DAS PRINCIPAIS MULTAS DE TRÂNSITO EM 2018

 

 

Cometer infrações no trânsito tem ficado cada vez mais caro para o bolso do brasileiro. Os valores das multas foram atualizados e o aumento foi bastante substancial. O fato é que desde 2016 existe uma nova lei que passou a reger as regras de trânsito e a determinar o valor das multas de acordo com a gravidade da infração cometida pelo condutor do veículo.

 

Mas não podemos nos esquecer dos pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) que pode deixar o motorista impedido de dirigir. A suspensão, por no mínimo seis meses, acontece quando o condutor do veículo ultrapassa 20 pontos na CNH.

 

Mesmo que muitas vezes pareça um limitador, as leis são necessárias para manter o bom convívio entre pedestres, ciclistas, motociclistas e motoristas, o problema, que ainda é muito presente no Brasil, é que estas normas ainda não são respeitadas como deveriam.

 

Divididas entre leves, médias, graves e gravíssimas, as penalidades aplicadas estão previstas no CTB (Código de Trânsito Brasileiro). O aumento, bastante considerável, foi de 66% para as multas leves, 52% para as médias e graves e 53% para as gravíssimas. O ponto positivo é que se a multa for paga até o dia do vencimento estipulado no boleto de pagamento, há um desconto de 80% sobre o total a pagar e, depois, você ainda pode entrar com um recurso, caso entenda que a multa foi aplicada indevidamente. Lembre-se que recorrer é um direito constitucional de todo cidadão brasileiro.

 

Eu separei algumas multas de valores mais altos aplicadas nas infrações de trânsito para você ficar ciente do preço, para 2018, de cada uma delas. Cada infração considerada gravíssima soma sete pontos na CNH.

 

 

Multa de R$ 5.864,40 para quem usar veículo, deliberadamente, sem autorização do órgão para

  • Perturbar a circulação na via

  • Restringir a circulação na via

  • Interromper a circulação na via

 

Multa de R$ 2.934,70 para o motorista que

  • Dirigir alcoolizado

  • Recusar teste do bafômetro

  • Dirigir ameaçando pedestres e outros veículos

  • Disputar corrida

  • Participar de racha

  • Realizar manobra perigosa

  • Realizar passagem forçada entre veículos

 

Multa de R$ 1.467,35 quando o condutor envolvido em acidente

  • Não prestar Socorro

  • Não adotar medidas de segurança no local

  • Não ajudar a perícia

  • Se recusar a mover o veículo do local

  • Não fornecer informações para emissão de BO

 

Estas são apenas as multas mais altas, mas existe uma gama bem maior de delitos cometidos no trânsito que vão desde deixar seu veículo estacionado a mais de um metro de distância da calçada (R$ 88,38) até dirigir sem habilitação (R$ 880,41). O bom mesmo é tomar conhecimento do que é certo, e o que é errado, para não infringir a lei e precisar ter gastos com algo que poderia ser evitado. Afinal, ninguém quer ver seu dinheiro sendo utilizado em algo que não seja para benefício próprio, não é mesmo?

 

Agora, você sabia que dirigir de forma correta e respeitando as normas vigentes que regem o trânsito no Brasil não só evita pagamento de multas e pontos em sua CNH? Quando você tem uma conduta adequada, enquanto dirige, e sua carteira de motorista está livre de pontuação, até mesmo o seguro do seu carro pode ficar mais barato. Muitas seguradoras fazem análise de risco e cotações de seguros de automóvel baseadas na pontuação presente na CNH do segurado.

 

Pode acontecer de cometermos algumas infrações, não por falta de conhecimento ou por que simplesmente não respeitamos a lei, mas por imprevistos e situações que nos levam a passar um sinal vermelho, ou estacionar em local proibido, por exemplo. Se isto acontecer, você pode  entrar com um recurso quando for notificado.

 

E uma dica! De acordo com o artigo 281 do CTB, se você receber uma notificação de multa onde a data de sua expedição é superior a data da infração descrita no boleto você pode pedir o cancelamento da mesma.

 

 

 

Please reload

Mais lidos
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Please reload

10

QUEM ESCREVE OS ARTIGOS

Olá, sou o Lucas Amaro. Sou formado em Administração de Empresas e na Escola Nacional de Seguros. Tenho 30 anos e trabalho com seguros desde os meus 17 anos. Se tiver alguma dúvida pode me enviar por e-mail:

lucasamaro@cobrasguros.com.br.

COTAÇÃO
RÁPIDA
Please reload

Você também pode gostar