calculator (3).png
COTAR SEGURO

5 mitos sobre o seguro de vida que (talvez) você não sabia

01/02/2019

 

VOCÊ LÊ EM 1 MINUTO

O seguro de vida ficou marcado na mente das pessoas como sendo apenas uma forma de amenizar o problema financeiro de uma família na falta de seu provedor.

 

A grande maioria ainda acredita em alguns mitos que foram criados ao longo do tempo, mesmo depois de muitas mudanças neste tipo de seguro.

 

Por isso decidi trazer aqui cinco mitos sobre o seguro de vida que (talvez) você não sabia. Muitos deles são s principais causas de falta de interesse e conhecimento sobre como ele pode ajudar você e sua família, confira.


SEGURO DE VIDA SOMENTE É USADO QUANDO O SEGURADO MORRE

 

Não é bem assim. Dependendo das coberturas contratadas o segurado pode ser beneficiado em vida, entre elas estão:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Obs.: O seguro de vida resgatável é uma modalidade que está em crescimento, pois permite que o segurado “saque” uma parte do valor investido, quando quiser, após uma carência de 24 meses.

 

Converse com um consultor de seguros especializado para entender os detalhes do seguro de vida resgatável.

 

O SEGURO DE VIDA PRECISA SER DIVIDO ENTRE OS HERDEIROS

 

Ele não entra na categoria herança, ou seja, não é dividido como um patrimônio. Segundo o Artigo 794, do Código Civil, no caso de morte natural, ou acidental, a indenização do seguro de vida não é repartida entre os herdeiros por não estar classificada como espólio.

 

 

O valor é pago aos beneficiários que constam na apólice, mesmo que não tenham qualquer parentesco. A indenização não sofre desconto do Imposto de Renda e nem do Imposto sobre Transmissão Causa Mortis.

 

PESSOAS DOENTES NÃO PODEM CONTRATAR UM SEGURO DE VIDA

 

Qualquer pessoa pode contratar um seguro de vida, porém no caso de doenças pré-existentes o valor é majorado, ou seja, o custo mensal é mais caro.

 

A seguradora entende que quanto maior o risco de ocorrer um sinistro, mais alto deve ser o valor da mensalidade paga pelo segurado. Procure um corretor de seguros para te orientar e você verá que é simples e fácil contratar um seguro de vida.

 

O VALOR DO SEGURO É MUITO CARO

 

A melhor maneira de analisar é fazendo uma cotação de seguro de vida, mas já posso adiantar que o valor não é alto diante de todas as proteções que este seguro pode oferecer.

 

 

Como falei no item anterior, o custo do seguro de vida pode ficar um pouco mais caro se o segurado estiver doente, mas é preciso analisar preço e benefícios. 

 

Atualmente você consegue contratar uma apólice a partir de R$ 10,00. Não é caro, não é mesmo?

 

QUEM POSSUI PATRIMÔNIO NÃO PRECISA CONTRATAR UM SEGURO
 

No caso de morte os herdeiros, geralmente, entram numa batalha de sucessão patrimonial. O seguro de vida, como já dito, não é considerado herança e, portanto, não é parte deste processo.

 

Caso o segurado venha a falecer a indenização é feita, assim que a seguradora é comunicada, diretamente aos beneficiários da apólice.

 

As sucessões demoram mais tempo e podem se arrastar por longos períodos, mas o seguro de vida paga os valores estipulados na apólice de maneira descomplicada.

 

Isso garante que os dependentes financeiros do segurado estejam protegidos enquanto a sucessão de patrimônio se desenrola.

 

Please reload

Mais lidos
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Please reload

10

QUEM ESCREVE OS ARTIGOS

Olá, sou o Lucas Amaro. Sou formado em Administração de Empresas e na Escola Nacional de Seguros. Tenho 30 anos e trabalho com seguros desde os meus 17 anos. Se tiver alguma dúvida pode me enviar por e-mail:

lucasamaro@cobrasguros.com.br.

COTAÇÃO
RÁPIDA
Please reload

Você também pode gostar