calculator (3).png
COTAR SEGURO

Como economizar na hora de contratar um seguro de carro

22/01/2019

 

 

 

Carros e motos ainda são uma paixão nacional, e isso faz cada vez mais com que as pessoas troquem por um modelo mais novo ou moderno. Mesmo com tantas alternativas mais sustentáveis de transporte, o mercado de veículos continua aquecido.

 

 

Infelizmente esse crescimento vem acompanhado com uma estatística não tão animadora: o número de roubo e furto de veículos é muito alto no nosso país. Isso faz com que o seguro para carros seja um dos tipos de seguros mais contratados e mais caro no Brasil.

 

O preço de uma apólice de seguro de carro varia de acordo com informações fornecidas pelo segurado e outras informações internas que são usadas pelas seguradoras, como dados estatísticos de roubo e acidentes.

 

Se você está pensando em contratar um seguro para seu carro, eu separei aqui algumas dicas que poderão ajudar você economizar seu dinheiro e até mesmo oferecendo algumas outras alternativas, quando o seguro realmente não for interessante para seu veículo.

 

Dica n° 01: Peça cotações em diversas seguradoras

 

Atualmente existem diversas seguradoras que oferecem cobertura para seguro de carros, por isso a primeira dica básica é: cote no máximo que puder. Quando você solicitar uma cotação com uma corretora de seguros solicite mais de uma opção, e faça isso, preferencialmente, utilizando as mesmas coberturas em todas elas para poder comparar bem.

 

 Veículos da mesma categoria e preço de mercado parecidos podem ter preço de seguro bem diferente.

 

 

Você realmente pode economizar dinheiro fazendo, pois os índices de cada veículo variam entre as seguradoras, e algumas delas preferem perfis específicos, como condutores mais jovens ou condutores com idade acima de 45 anos.

 

Por isso, cote em várias e compare os preços. Eu recomendaria pelos menos 5 seguradoras para análise.

 

Dica n° 02: O que você quer proteger no seu carro

 

Você quer proteger seu carro contra que tipo de situação? Roubo ou furto? Que alguém bata nele? Ou que você venha a bater em alguém? Isso é importante saber, pois você pode economizar bastante na hora de contratar um seguro se sua preocupação for apenas roubo e furto.

 

Nem sempre o seguro total, ou tecnicamente falando “cobertura compreensiva”, é a melhor alternativa. Como o próprio nome diz, ele é o mais completo e consequentemente também será o mais caro.

 

Mas em muitos casos, alternativas com coberturas exclusivas para roubo ou danos contra terceiros é o suficiente para o proprietário, podendo economizar até 70%.

 

 

Mas se você realmente procura uma cobertura que contemple roubo ou furto, acidentes e danos contra terceiros, o seguro total é o ideal, e mesmo assim você precisa cuidar para não contratar coberturas desnecessárias e até mesmo inúteis.

 

Essa modalidade de seguro, diferentemente das demais, possui diversas opções de coberturas adicionais que podem cair como uma luva ou podem apenas adicionar gastos na apólice.

 

As principais, e mais comuns são: carro reserva, vidros (incluindo faróis, lanternas e retrovisores), gastos com acidentes com passageiros (APP), guincho sem limite de quilometragem, danos morais, despesas extras.

 

Analise quais as suas necessidades, se você não pode ficar sem carro, quanto custa substituir um vidro do modelo do seu carro, se você costuma fazer viagens longas, indo para outros estados ou até mesmo outros países.

 

Analise bem se vale a pena pagar a mais quando, em caso de sinistro, serem usadas.

 

Dica n° 03: (Se ainda não comprou o carro) Pesquise o preço de seguro dos modelos

 

Para quem ainda não comprou o carro essa dica é muito importante. Não custa nada fazer uma pesquisa de preço de seguro daqueles modelos de carros que você está pensando em comprar.

 

Se você já possui uma lista com os possíveis modelos entre em contato com uma corretora de seguros e peça uma média de preço baseado no perfil do principal motorista. Isso de fato irá ajudar você a decidir qual modelo comprar.

 

Existem veículos que estão na mesma categoria, na mesma faixa de preço, e ainda assim o custo de seguro é bem diferente. Você pode evitar surpresas com preços altíssimos ou até não aceitação de um determinado modelo fazendo essa pesquisa, e isso é muito rápido, não possui custo e leva apenas algumas horas.

 

 

Dica n° 04: Forma de condução pode ser revertida em desconto no seguro

 

Recentemente algumas seguradoras criaram aplicativos de celulares que analisam a forma de como você dirige seu carro, ou seja, sua forma de condução no trânsito. No final de um determinado período, a nota da sua performance pode ser revertida em desconto no seguro.

 

Alguns desses aplicativos já dão o desconto somente por baixar e fazer o cadastro do CPF, sem a necessidade de utilizar. E depois ele vai analisando questões como velocidade, frenagem e forma de fazer as curvas.

 

O mais legal disso é que você não precisa ter o seguro para poder participar e baixar os aplicativos, ele é free para qualquer pessoa, até mesmo para aquelas que nunca tiveram seguro antes. Assim, quando pedir uma cotação poderá usar o desconto ganho no app.

 

Dica n° 05: União estável oferece um ótimo desconto

 

Se você possui uma união estável não deixe de falar. Vejo que algumas pessoas tem dúvidas se no perfil do principal condutor essa informação pode ser considerada, igual como casado(a). A resposta é sim, e isso faz bastante diferença.

 

Pessoas casadas ou que possuem uma união estável acabam, estatisticamente, se envolvendo menos em acidentes do que solteiros. Isso faz com que o risco de acidentes reduza bastante, e as seguradoras sabem disso. Já tive casos que ao informar que o motorista vivia com outra pessoa o preço do seguro baixou R$ 600,00!!

 

Por isso é importante, na hora de preencher o formulário, fazer de forma mais completa, pois muitas das informações irão ajudar reduzir o preço do seguro.

 

Dica 06: (Seguro muito caro) Considere outras alternativas além do seguro

 

Você pode ter pesquisado o preço em todas as seguradoras, tentou alternativas com coberturas mais enxutas e mesmo assim o preço do seguro ficou muito alto? Então talvez seja interessante ver outras alternativas.

 

Normalmente carros importados possuem difícil aceitação nas seguradoras, se eles tiverem mais de 5 anos de fabricação então fica quase impossível. Em alguns casos a cobertura de seguro roubo e furto pode ajudar, mas ás vezes o valor fica alto igual.

 

Alternativas como instalar um rastreador ou associações de proteção veicular podem ser a solução para não andar com o carro sem qualquer tipo de proteção. Muitas vezes às empresas de rastreadores possuem opções de proteção com assistência 24h bem interessantes para veículos com valores alto de seguro. Se esse for seu caso, vale a pena tentar.

 

 

 

Please reload

Mais lidos
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Please reload

10

QUEM ESCREVE OS ARTIGOS

Olá, sou o Lucas Amaro. Sou formado em Administração de Empresas e na Escola Nacional de Seguros. Tenho 30 anos e trabalho com seguros desde os meus 17 anos. Se tiver alguma dúvida pode me enviar por e-mail:

lucasamaro@cobrasguros.com.br.

COTAÇÃO
RÁPIDA
Please reload

Você também pode gostar