calculator (3).png
COTAR SEGURO

Como funciona a cobertura de morte no seguro de vida?

14/05/2019

 

 

Ninguém gosta muito de falar sobre seguro, certo? Principalmente quando o assunto é sobre seguro de vida, algumas pessoas chegam a ficar até com frio na barriga.

 

Mas a verdade é que falar sobre seguros é prevenção, prevenção financeira para você conseguir reduzir, e muitas vezes acabar com possíveis prejuízos decorridos de fatos inesperados.

 

Seguro de vida é a sua proteção financeira e também da sua família, principalmente para profissionais liberais e autônomos.

 

Já imaginou se você é um profissional que ganha somente através de vendas realizadas, se você fica impossibilitado de trabalhar por um mês? Como ficariam as contas?

 

 

Talvez você desconheça, mas existem coberturas do seguro de vida que o segurado(a) não precisa falecer para receber o capital contratado.

 

Eu já falei sobre esse assunto em outro artigo aqui no blog, para saber mais acesse aqui e confira quais sãos todas elas.

 

Mas agora é sobre a cobertura de morte que gostaria de tirar todas as dúvidas. Ela é a principal do seguro de vida, e não deixar de ser contratado na apólice.

 

O que é a cobertura de morte no seguro de vida?

 

Como o próprio nome já diz, a cobertura é o pagamento de 100% capital contratado na apólice para os beneficiários pré-estipulados quando o titular falecer. É a principal cobertura do seguro e de contratação obrigatória.

 

 

O preço do seguro de vida é baseado na idade da cada segurado(a), quanto maior a expectativa de vida, mais barato o seguro. Ou seja, quanto mais novo o segurado for, mais barato será.

 

Como funciona a cobertura?

 

A cobertura será o pagamento do capital contratado pelo segurado aos beneficiários que estarão pré-estabelecidos no contrato de seguro. Não precisando ter qualquer grau de parentesco.

 

Veja 5 mitos sobre seguro de vida que você (talvez) não sabia.

 

Após a seguradora analisar toda a documentação solicitada no processo de sinistro, ela irá realizar o pagamento nas contas bancárias desses beneficiários por meio de crédito em conta.

 

O prazo para que isso ocorre é de aproximadamente 30 dias, quando não há nenhuma irregularidade.

 

Qual a vantagem e como acionar a cobertura?

 

A principal vantagem dessa cobertura é garantir a estabilidade econômica e financeira da sua família. Se você é o principal provedor da renda familiar, é importante avaliar como seus dependentes ficariam caso você faltasse.

 

Outra grande vantagem do seguro de vida é que ele não entra em inventário, deixando o processo de indenização muito simples e rápido.

 

É preciso somente enviar todos os documentos solicitados pela seguradora e aguardar análise de conclusão.

 

 

Para acionar a cobertura de morte no seguro de vida basta entrar em contato com a seguradora e abrir o processo de sinistro. Esse procedimento também poderá ser feito pelo corretor de seguros da apólice.

 

Os documentos que geralmente são solicitados, são:

 

- Aviso de sinistro fornecido pela seguradora, preenchido, com carimbo, CRM e assinatura do médico;

- Certidão de óbito do segurado;

- Certidão de nascimento do segurado (quando solteiro) ou certidão de casamento, ou averbação do divórcio ou separação judicial;

- Carteiro de identidade, CPF e comprovante de residência do segurado.

 

Cotação da cobertura de morte no seguro de vida

 

Veja abaixo um exemplo de valores da cobertura de morte no seguro de vida individual. Vamos usar três diferentes perfis tanto do sexo masculino como feminino nas faixas etárias de 25, 45 e 65 anos.

 

1° Perfil – masculino:

 

Idade de 25 anos.

Capital segurado R$ 100 mil.

Custo mensal do seguro de R$ 15,27.

 

Idade de 45 anos.

Capital segurado R$ 100 mil.

Custo mensal do seguro de R$ 40,26.

 

Idade de 65 anos.

Capital segurado R$ 100 mil.

Custo mensal do seguro de R$ 290,05.

 

2° Perfil – feminino:

 

Idade de 25 anos.

Capital segurado R$ 100 mil.

Custo mensal do seguro de R$ 14,12.

 

Idade de 45 anos.

Capital segurado R$ 100 mil.

Custo mensal do seguro de R$ 37,02.

 

Idade de 65 anos.

Capital segurado R$ 100 mil.

Custo mensal do seguro de R$ 181,05.

 

Observe que o preço não sobe proporcionalmente com a idade. A diferença de preço entre 25 e 45 anos é muito diferente entre 45 e 65 anos. Quanto mais velho for ao contratar o seguro, mais caro será a taxa cobrada.

 

 

Para aquelas pessoas que contratam o seguro mais novas, a taxa ao chegar nos 65 anos é menor, pois existem desconto de renovação e fidelidade.

 

O seguro também é mais caro para o sexo masculino, sendo que na idade de 65 anos essa diferença é bem considerável.

 

Please reload

Mais lidos
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Please reload

10

QUEM ESCREVE OS ARTIGOS

Olá, sou o Lucas Amaro. Sou formado em Administração de Empresas e na Escola Nacional de Seguros. Tenho 30 anos e trabalho com seguros desde os meus 17 anos. Se tiver alguma dúvida pode me enviar por e-mail:

lucasamaro@cobrasguros.com.br.

COTAÇÃO
RÁPIDA
Please reload

Você também pode gostar