calculator (3).png
COTAR SEGURO

Qual o seguro viagem certo para ir a Europa?

08/11/2018

 

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 19/07/2019

TEMPO DE LEITURA: 3 MINUTOS

 

Planejar uma viagem internacional não envolve apenas a escolha de um destino, a compra das passagens ou a preparação das malas. O seguro viagem é tão importante quanto tudo isso.

 

Leia também: Top #10 melhores dicas para perder o medo de andar de avião.

 

Em alguns países o turista só pode entrar se apresentar o certificado de contratação do seguro. Ao viajar para Europa, por exemplo, é preciso ter um seguro que esteja de acordo com o Tratado de Schengen.

 

Tranquilidade é o primeiro quesito para que uma viagem seja prazerosa. Para tanto é preciso avaliar todas as coberturas a fim de contratar um seguro que seja coerente com suas reais necessidades.

 

O QUE É O TRATADO DE SCHENGEN?

 

Em 1985, foi assinado um acordo, que resumidamente, permitia a livre circulação de pessoas entre os países que faziam parte desta convenção. Inicialmente ele beneficiava apenas os cidadãos, mas depois passou a permitir que turistas também pudessem circular sem a necessidade de apresentar o passaporte.

 

 

No entanto, o Tratado de Schengen condicionou a concessão deste privilégio a contratação de um seguro viagem, com cobertura mínimo de 30 mil euros. Além disso o viajante precisa ter visto, pelo menos, de um dos 26 países membros.

 

POR QUE CONTRATAR UM SEGURO VIAGEM É TÃO IMPORTANTE?

 

É a maneira mais eficiente de garantir que você seja ressarcido por todos os gastos, que porventura venha a ter, durante a sua viagem e que estejam cobertos pela apólice. O seguro é uma proteção imprescindível para um viajante, ainda mais em países estrangeiros.

 

QUAIS AS VANTAGENS DE UM SEGURO VIAGEM?

 

Além de garantir que a livre circulação pela Europa, o seguro ainda pode oferecer:

  • Assistência para localizar bagagem, caso ela seja extraviada

  • Assistência farmacêutica, odontológica

  • Assistência médica para mulheres grávidas

  • Passagem aérea para um familiar (ida e volta)

  • Regresso sanitário (quando o segurado não pode retornar como um passageiro)

 

As estas vantagens ainda se acrescentam as coberturas básicas do seguro viagem:

  • Morte

  • Invalidez por acidente

  • Despesas médicas, hospitalares e/ou odontológicas (DMHO)

  • Traslado do corpo

  • Traslado médico

 

QUANTO CUSTA UM SEGURO VIAGEM?

 

O seguro viagem é barato e, para quem se desloca frequentemente, contratar um anual pode ser muito mais interessante do que os tradicionais, que têm vigência somente para uma única viagem. As seguradoras têm modelos que dão cobertura durante todo o ano. A proteção é de até 60 dias para cada uma.

 

Um consultor especializado pode te apresentar o custo de um seguro viagem para um país da Europa e estudar o melhor modelo para seu perfil. Desta maneira você terá todas as coberturas para protegê-lo durante todo o período que estiver fora de casa.

 

Você pode economizar optando por pagamento e boleto. Isso, por que empresas de cartões de crédito cobram taxas administrativas. Algumas seguradoras dão até 5% de desconto quando o cliente prefere o boleto bancário.

 

Por ordem alfabética, veja a lista de países que fazem parte do Tratado de Schengen:

 

Alemanha
Áustria
Bélgica
Dinamarca
Eslováquia
Eslovênia
Espanha
Estônia
Finlândia
França
Grécia
Hungria
Islândia
Itália
Liechtenstein
Letônia
Lituânia
Luxemburgo
Malta
Noruega
Países Baixos
Polônia
Portugal
República Tcheca
Suécia
Suíça

 

Please reload

Mais lidos
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Please reload

10

QUEM ESCREVE OS ARTIGOS

Olá, sou o Lucas Amaro. Sou formado em Administração de Empresas e na Escola Nacional de Seguros. Tenho 30 anos e trabalho com seguros desde os meus 17 anos. Se tiver alguma dúvida pode me enviar por e-mail:

lucasamaro@cobrasguros.com.br.

COTAÇÃO
RÁPIDA
Please reload

Você também pode gostar