Bati meu carro Uber, o que fazer agora?


Basta estar no trânsito para correr o risco de se envolver em um acidente, seja você o culpado ou terceiros. Sair de casa de segunda a sexta, principalmente em horários de pico para trabalhar aumentam os riscos ainda mais, então o que dizer de carros que ficam todos os dias, em todos os horários?

É esse risco que correm todos os veículos utilizados para transporte de pessoas como Uber, 99Pop, Cabify e demais que existem por aí. Estatisticamente eles estão mais propensos a se envolver em acidentes de trânsito. Então é no mínimo interessante saber o que fazer quando acontecer esse tipo de situação.

Veja o passo a passo do que fazer quando se envolver em um acidente de trânsito.

Verifique se todos estão bem

Parece óbvio, mas a primeira coisa a se fazer é, sem dúvida, verificar se todos os envolvidos no acidente estão bem. Se você estiver com passageiros esse cuidado é muito importante, pois caso alguém precise de socorros médicos, quanto mais cedo chegar melhor.

Quando a situação for mais grave, existem alguns procedimentos médicos iniciais que podem ser feitos afim de conter o agravamento de estado de saúde dos feridos. Saber os passos de primeiros socorros é uma boa ajuda nessas horas.

Homem socorrendo ferido no acidente

Boletim de ocorrência e remoção dos veículos

Após verificar o estado de todas as pessoas envolvidas resta conversar com os envolvidos, quando houver, sobre o acidente e verificar quem foi o culpado, pegar dados e informações como telefone, placa e coisas desse tipo.

As vezes a situação pode não ser tão simples de ser resolvida, pode não haver um senso comum de quem foi o culpado, ou não ficar muito claro, no entendimento de cada um.

Nesses casos o importante é que mantenha-se a calma em último caso a solução seja resolvida judicialmente.

Acidente de carros (desenho)

É muito comum em acidentes de carros os envolvidos ficarem nervosos e até brigarem. Tente sempre manter a calma para resolver tudo o mais rápido possível e ir embora.

Tendo um acordo comum, o próximo passo é fazer um boletim de ocorrência e remover os veículos do local. Em algumas cidades, quando não se tem vítimas de trânsito, não é preciso chamar a polícia ou órgão fiscalizador, para realizar o BO na hora. É possível que seja feito através do site das delegacias de cada estado.

Mas existem algumas ressalvas que variam entre cada estado. Por isso, o apropriado é que você confirme conforme antes.

Assim que possível, remova os veículos do local do acidente. Se o carro estiver andando você mesmo pode levar dirigindo, caso contrário, chame um guincho e leve para o local mais apropriado, sua casa, garagem ou a oficina aonde será feito o conserto.

Nessa hora, se você tiver um seguro auto, não esqueça de usar sua assistência 24 horas. O guincho vai levar para a oficina referenciada de sua escolha, e caso o acidente seja de madrugada ou final de semana, seu carro será removido para o depósito da seguradora e no próximo dia útil para a oficina.

Carro sendo guinchado

Se você tiver um seguro auto para poder contar com o serviço de guincho não deixe de ligar e solicitar o serviço.

Conserto do veículo e dias parados

Feito o boletim de ocorrência e acertado os responsáveis pelo acidente, é hora de cuidar da parte da oficina, ou seja, quanto tempo seu carro irá ficar no conserto. Digamos que esse é o momento mais difícil para quem é motorista de qualquer aplicativo de transporte de pessoas, pois isso significa prejuízo.

Se você não faz a menor ideia de quanto isso significa em números, basta fazer uma média do lucro diário e multiplicar pelos dias parados. Sem falar, é claro, no custo total do conserto.

Aqui, nesse estágio do processo, é importante que já saiba quem é o responsável pelos gastos e se os veículos possuem seguro. Na teoria, se você for o terceiro (não foi culpado) no acidente, não terá nenhum gasto. Apenas fará um acordo, levará o veículo para a oficina escolhida e aguardar o conserto.

Como você usa o carro para uso profissional e sua renda depende disso, é seu direito cobrar da pessoa que bateu os dias parados e o lucro perdido durante esse período.

É um processo de certa forma simples, mas exige alguns documentos necessários para comprovar os valores recebidos pelo aplicativo. Se você quiser saber mais sobre esse procedimento, entre em contato comigo que conversaremos melhor.

Veja como é o modelo que deve ser solicitado ao aplicativo para comprovar os ganhos médios diários:

Modelo ganho diário Uber

Este documento deverá ser solicitado ao seu aplicativo parceiro para comprovar seus ganhos diários como motorista. Assim poderá cobrar pelos dias parados.