MOTO.png

Seguro de Moto

Cote o seguro da sua moto nas melhores seguradoras. Compare os menores preços.

Como funciona um seguro de moto?

 

Contratar um seguro de moto é uma das melhores alternativas para você proteger seu veículo, e cada vez mais esse seguro é conhecido no Brasil, pois o número de motos cresceu muito nos últimos anos. Entre 2020 e 2021 esse mercado teve um crescimento de 26%, segundo a Fenabrave.

 

E você, sabe bem como funciona um seguro de moto? Bom, se ainda tem dúvidas chegou no lugar certo, porque eu vou te falar todos os principais detalhes sobre esse seguro: quais são as coberturas, como contratar um seguro de moto barato, como contratar um seguro de moto e quais as melhores seguradoras de moto.

 

Coberturas do seguro de moto

 

O seguro de moto evolui muito nos últimos anos em relação as coberturas oferecidas, muitas seguradoras novas surgiram no mercado, o que acabou ao mesmo tempo possibilitando que muitas pessoas pudessem contratar, mas acabou também gerando confusão na hora de escolher o melhor seguro de moto.

 

Antes de começar a falar sobre cada uma das coberturas disponíveis, a melhor coisa é você saber que hoje é possível proteger sua moto de forma parcial e pagando proporcionalmente por isso. Você não precisa contratar coberturas que não façam sentido para o seu objetivo, assim consegue contratar o seguro de moto mais barato do mercado.

 

Bom, vamos começar então a falar das coberturas, sendo da mais completa até a mais enxuta. Assim você consegue entender bem e saber qual delas se encaixa perfeitamente no seu perfil de motorista e também no seu bolso!

 

A. Cobertura compreensiva

 

A cobertura compreensiva oferece a proteção mais completa, e mesmo com tantas opções com preços menores, ela continua sendo a mais procurada pelos motociclistas. Claro, proporcionalmente também será a cobertura com o preço mais caro.

 

Ela protege sua moto contra incêndio, roubo, furto, colisão com perda parcial, colisão com perda total e danos contra terceiros. Com ela, não há com o que se preocupar quando acontecer qualquer coisa com sua moto, basta acionar a sua corretora de seguros.

 

Nessa cobertura, as seguradoras são mais exigentes na hora de aceitar os modelos de motos, então motos com fabricação mais antiga, principalmente importadas muitas vezes não são aceitas.

 

Além das coberturas acima que estão automaticamente incluídas nessa modalidade, você também consegue escolher entre diversas coberturas adicionais que poderão te ajudar a resolver futuros imprevistos ocorridos no seu dia a dia.

 

São muitas opções como: faróis, lanternas, retrovisores, acidentes com passageiros, danos morais, despesas extras, proteção para malas e bagageiros, carta verde. Mas vale lembrar que é sempre analisar antes se você realmente precisa, pois tudo irá influenciar no preço final do seu contrato.

B. Cobertura roubo, furto, perda total por colisão e danos contra terceiros

 

É uma opção quase completa, a principal diferença entre a cobertura compreensiva é que não irá indenizar em casos de perda parcial para sua moto, ou seja, não cobre o conserto dela na oficina caso precise arrumar.

 

Tem um preço ligeiramente menor do que a primeira opção, porém a grande vantagem é que aceita quase todos os modelos de motos. Você consegue fazer o seguro de moto antiga e de moto importada, independente do ano de fabricação. 

 

As coberturas oferecidas são: roubo, furto, perda total por colisão e danos contra terceiros. Se essa opção se encaixa no seu perfil de motorista então solicite uma cotação de seguro agora mesmo.

 

C. Cobertura roubo, furto e perda total por colisão

 

Roubo e furto com certeza é um dos maiores medos de todo o motociclista, e ficar sem essa cobertura é indispensável para quem está na rua todos os dias com sua moto. Se for esse seu caso então essa pode ser uma ótima opção para você.

 

Além de aceitação quase todos os modelos de motos, independente do ano de fabricação e a nacionalidade, o preço chega a custa 30% menos do que um seguro com cobertura compreensiva.

 

Essa opção irá lhe indenizar caso sua moto seja roubada ou furtada ou sofra um acidente caracterizado como perda total, pagando até 100% do valor da tabela Fipe.

 

D. Cobertura roubo, furto e danos contra terceiros

 

Nesse opção você está protegendo sua moto contra uma das principais preocupações de todo o brasileiro: roubo e furto. Além disso está incluída a cobertura de danos causados em veículos e propriedades de terceiros, que também é muito importante.

 

Possui um preço de seguro bem mais atraente, chegando a custar 50% menos do que a cobertura compreensiva. Também aceita quase todos os modelos de motos, é uma ótima opção para quem não quer gastar muito mas não dispensa ficar sem proteção.

 

As coberturas oferecidas são: roubo, furto e danos contra terceiros. Se essa opção se encaixa no seu perfil de motociclista então solicite uma cotação de seguro agora mesmo.

 

E. Cobertura roubo e furto

 

Se grana está curta mas você não dispensa proteger seu carro também existe uma solução. Um seguro contra roubo e furto pode custar até 60% menos, é a opção de seguro de moto barato mais indicada hoje no mercado.

 

 Aceita praticamente todos os modelos de motos, nacionais e importadas, e ainda oferece uma assistência 24h com diversos serviços além do guincho. E o melhor: possui abrangência em todo o Brasil. Se essa opção se encaixa no seu perfil de motorista então solicite uma cotação de seguro agora mesmo.

 

F. Contra terceiros

 

Por fim, a última cobertura e seguindo a linha de proteção, a cobertura contra terceiros é que oferece menos proteção para sua moto. Na verdade ela não protege sua moto e sim os veículos e propriedades de outros pessoas caso você cause um acidente.

 

Mas não se engane, ela pode parecer desnecessária quando trazido individualmente, porém é de extrema importância para garantir que você não fique com uma dívida enorme para consertar o carro a moto de outra pessoa.

 

Afinal de contas, ninguém está impune de um belo dia sair de casa com o carro e bater na traseira de uma BMW, certo? Também aceita praticamente todos os modelos de carros, e na opinião aqui da corretora, deveria ser um seguro obrigatório.

 

Confira a tabela abaixo um resumo de todas as coberturas:

Tabela coberturas seguro de carro.png

Seguro de moto barato, como conseguir?

 

Se você procurando um seguro de moto barato saiba que sim, é possível encontrar. Porém não existem milagres. O preço do seguro está diretamente ligado ao modelo da moto, cobertura contratada e o perfil do motociclista.

 

Se o sua moto é importada, você quer uma cobertura completa e tem 23 anos, nunca vai conseguir pagar barato por um seguro de moto (desconfie se lhe oferecerem!). Mas optando por uma cobertura alternativa ainda sim é possível economizar.

 

É importante que você faça uma simulação e comparação de preços entre diversas seguradoras, assim você consegue garantir o menor preço de seguro de moto para o seu perfil. Analise as opções de coberturas, contrate apenas as que são necessárias.

 

E principalmente: nunca minta ou omita qualquer informação com a intenção de pagar mais barato, pois caso seja comprovado má fé, a seguradora poderá negar a indenização do seguro.

 

Como contratar um seguro de moto?

 

Para contratar um seguro de moto você precisa entrar em contato com uma corretora de seguros, e nós aqui da Cobra Seguros podemos te ajudar. Estamos nesse marcado há mais de 30 anos e já protegemos mais de 3 mil veículos em todo o Brasil.

 

O primeiro passo é fazer uma cotação de seguro. Depois converse com um especialista para ajudar a definir qual a melhor opção. Tudo isso pode ser feito de forma 100% on-line e gratuita, e nós aqui oferecemos diversos canais de atendimento.

 

Você pode encontrar em contato através do nosso WhatsApp, do nosso site, preenchendo nosso formulário on-line e também através das nossas redes sociais no Facebook e Instagram. Com certeza alguém da nossa equipe vai conseguir te ajudar.

Dúvidas sobre seguro de moto?

Saiba mais sobre seguro e o mercado de motos. Acesse aqui.