Como contratar um seguro para carros antigos?


Seguro para carros antigos

Veículos mais antigos, com mais de 10 ou 20 anos de fabricação, costumam ter dificuldades de aceitação dentro das seguradoras. Isso se deve, além de outros motivos, a grande dificuldade em encontrar as peças para o conserto, pois grande partes desses carros já não são mais fabricados.

- Quanto custa o seguro dos 10 carros mais roubados no Brasil.

Se levarmos em consideração carros importados, a dificuldades é maior ainda. Normalmente, seguradoras com coberturas tradicionais aceitam veículos importados com até 5 anos de fabricação, depois disso fica praticamente inviável a aceitação.

Seguro-carro-antigo

Existem algumas exceções, são os casos de carros antigos que já possuem seguro sem quebra de vigência Assim o proprietário consegue renovar o seguro, mesmo que o veículo tenha mais de 15 anos.

A notícia boa é que as seguradoras estão cada vez mais criando opções que possam atender as necessidades de diversos nichos e clientes, inclusive aqueles que possuem carros antigos com fabricação acima de 20 anos, seja modelos nacionais ou importados.

Quais são as coberturas tradicionais do seguro auto?

O seguro de carro mais conhecido e também mais contratado continua sendo com a cobertura compreensiva, ou mais conhecido como seguro com cobertura total.

Ele garante indenização para danos causados através de incêndio ou explosão, roubo e furto, colisão e danos contra terceiros. Porém nem todos os veículos possuem aceitação nas seguradoras.

Cote-seguro-carro-antigo

Carros nacionais com até 15 anos de fabricação ainda conseguem boa aceitação para cobertura tradicional, se for importado já reduz para 5 anos. Isso acontece porque normalmente peças para esses veículos são mais difíceis de serem encontradas.

É o tipo de seguro mais fácil de encontrar, pois quase todas as seguradoras oferecem. Basta realizar uma vistoria e após aprovação já fica com cobertura. Também é considerado o mais caro, já que oferece ampla cobertura na apólice.

Quais sãos as coberturas de seguro para carros mais antigos?

Se o carro possui mais de 15 anos de fabricação a aceitação já começa ficar um pouco mais complicada, existem alguns seguradoras que aceitam a contratação da cobertura tradicional, porém são poucas e às vezes o preço pode ficar bem alto.

- Confira os novos lançamentos da Volkswagen para 2019.

Existem alternativas que podem ajudar bastante os proprietários de carros com mais de 10 ou 20 anos de fabricação. Coberturas de seguro contra roubo e furto, e também danos contra terceiros são bem mais flexíveis.

São aceitas de forma muito mais simples, sem precisar responder grandes questionários e, em alguns casos, nem é necessário o perfil do principal motorista. A análise é feita com base nos índices de roubo e furto do próprio veículo.

Seguro contra roubo e furto para carros antigos

O seguro roubo e furto, como o próprio nome já diz, garante exclusivamente a indenização devido o roubo e furto do veículo segurado. Simples e prático, muitas vezes chega custar até 50% menos do que a cobertura tradicional.

Essa modalidade também usa como base para indenização a tabela Fipe. O seguradora pode contratar um percentual de até 100% e quando houver um sinistro será indenizado sempre pela tabela no mês de referência.

Pegamos o exemplo do Volkswagen Golf GLX 2.0 4p 1995. Esse modelo tem 24 anos de fabricação, e foi contratado um seguro contra roubo e furto com fator da tabela Fipe de 95%.

Tabela-Fipe-Golf-1995

Em caso de roubo ou furto do veículo, o proprietário receberá 95% do valor de preço médio da tabela Fipe vigente. Nesse exemplo o valor seria R$ 8.775,15.

Além da cobertura de roubo e furto, o seguro ainda oferece serviços de assistência 24h como guincho, auxílio mecânico, troca de pneu e transporte em caso de roubo, que podem ser utilizados em qualquer lugar do Brasil.

As seguradoras que fazem esse tipo de seguro são: Suhai, Itaú, HDI, Tokio Marine e Liberty.

Seguro com cobertura contra terceiros para carros antigos

Outra opção para carros antigos é a contratação da cobertura exclusiva contra terceiros, ou seja, todo dano causado em veículos ou qualquer outra propriedade de terceiros. Seja um carro, moto ou até mesmo o muro de uma casa.

Esse seguro possui um custo bem abaixo do tradicional e do roubo e furto, podendo ser contratado em complemento do segundo e sem a necessidade de vistoria. Simples, rápido e prático.

Talvez você não consiga enxergar a necessidade de pagar por um seguro que não vai oferecer cobertura para seu carro, afinal de contas você vai usar somente quando bater em alguém.

Mas imagina se você bate em outro carro? Terá que arcar com todas as despesas para arrumar o carro do terceiro, e muito provável para o seu.

É possível contratar seguro para carros de colecionadores?

Sim. Porém existem algumas observações bem importantes que precisam ser sempre informada. Veículos com placa preta são aqueles com fabricação maior de 30 anos e que possuem no mínimo 70% a 80% de peças originais.

Seguro-carro-colecionador

Grande parte desses carros são de colecionadores e estão em ótimo estado, dando uma grande valorizada em relação ao preço. O valor é definido pelo proprietário, de acordo com suas próprias considerações. E isso faz com que os preços sejam bem altos.