calculator (3).png
COTAR SEGURO

Como funciona o pagamento do seguro de seguro de vida

18/09/2018

 

 

Esta é uma dúvida muito comum: o que devo fazer para receber a indenização? A resposta é simples, no entanto vai depender do tipo de sinistro (ou evento) ocorrido. Para esclarecer como é feito o pagamento do seguro de vida eu vou tentar responder algumas perguntas frequentes entre a maioria das pessoas.

++ Conheça 3 cobertura do seguro de vida para serem usadas em vida

++ 5 mitos sobre seguro de vida que você precisa conhecer

Qual a primeira ação a fazer quando o segurado vem a falecer?

Como em todos os tipos de seguro a primeira coisa a ser feita é informar a seguradora, ou seja, é preciso comunicar o sinistro. É importante que ao fazer um seguro de vida os beneficiários tenham as informações básicas, como número da apólice, nome da seguradora e nome da corretora de seguros. Com esses dados em mãos é só entrar em contato e fazer o aviso de sinistro.

 

O corretor de seguros é a pessoa que poderá auxiliar em todo o processo, mesmo por que esta fase é delicada e difícil para a família. Os documentos devem ser providenciados e entregues o mais rápido possível para não atrasar o processo de indenização. Você pode fazer esta comunicação por meio dos telefones que a própria seguradora disponibiliza e o atendimento, além de gratuito, é 24 horas.

 

No caso de invalidez por acidente o procedimento é o mesmo?

É muito semelhante, pois da mesma maneira a seguradora precisa ser informada e todos os documentos entregues. Cada tipo de sinistro segue um determinado procedimento, mas em todos é necessário preencher e assinar o aviso de sinistro e todos os formulários inerentes a cada evento.

 

Basicamente, quais são os documentos solicitados?

Geralmente os documentos são um padrão em todas as seguradoras, porém, como já disse anteriormente, cada modalidade de seguro de vida segue um procedimento e exige documentos específicos.

 

Veja os mais comuns de acordo com a cobertura (acidente, falecimento, auxílio funeral, doença, diárias, despesas etc):

  • Aviso de sinistro;

  • Documentos pessoais;

  • Certidão de óbito (morte e auxílio funeral);

  • Relatório médico (doenças e diárias);

  • Boletim de ocorrência (morte e invalidez por acidente);

  • Notas fiscais (despesas médicas, odontológicas e hospitalares);

Seu corretor de seguros tem a relação detalhada de todos os documentos que a seguradora necessita para dar abertura ao processo de sinistro e indenização. Cada seguradora trabalha ao seu modo, por isso algumas podem aceitar apenas um cópia simples, mas outras podem exigir cópias com autenticação.

 

Qual o prazo determinado para que a indenização seja feita?

Todas as seguradoras têm um prazo de até 30 dias para creditar o valor na conta do segurado, ou beneficiários. Quem determina este tempo é o CNSP (Conselho Nacional de Seguros Privados) pela resolução nº 117/2004 . No entanto o prazo só começa a ser contato a partir da data da entrega da documentação completa à seguradora. Habitualmente as pessoas confundem este prazo e reclamam da demora, pois começam a contar a partir da comunicação do sinistro. Fique atento.

 

O seguro de vida é barato, simples de contratar e garante a proteção financeira do próprio segurado e de seus dependentes financeiros. Caso você ainda não tenha esta garantia o ideal é cotar um seguro de vida para conhecer suas características e coberturas.

 

Um ponto que merece ser destacado é que o pagamento é feito independente da finalização do inventário, pois seguro de vida não entra na partilha de bens.

 

 

 

 

Please reload

Mais lidos
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Please reload

10

QUEM ESCREVE OS ARTIGOS

Olá, sou o Lucas Amaro. Sou formado em Administração de Empresas e na Escola Nacional de Seguros. Tenho 30 anos e trabalho com seguros desde os meus 17 anos. Se tiver alguma dúvida pode me enviar por e-mail:

lucasamaro@cobrasguros.com.br.

COTAÇÃO
RÁPIDA
Please reload

Você também pode gostar