calculator (3).png
COTAR SEGURO

5 coisas que todo profissional liberal ou autônomo deveria saber

22/11/2018

 

 

Diante das mudanças que aconteceram no Brasil nos últimos anos e, também, pelo crescente número de desempregados, o mercado de trabalho acabou passando por ajustes e, um deles, foi a migração de empregados CLT para informalidade. Pensando nisso decidi dar algumas dicas sobre esta nova forma de atuação profissional.

 

VEJA TAMBÉM:

++ 3 coberturas do seguro de vida para serem usadas em vida

++ 5 mitos sobre o seguro de vida que você precisa saber

 

Qual a diferença entre profissional liberal e autônomo?

 

O profissional liberal tem formação técnica, ou superior, e pode exercer uma determinada atividade, tanto para empresas privadas quanto públicas, mas também pode ser dono do seu próprio negócio. Exemplos: dentistas, advogados, médicos, engenheiros, arquitetos, etc.

 

 

Um autônomo, ou freelancer, não tem ligação trabalhista e exerce atividade profissional, independente de uma empresa pública ou privada. Sua formação não é exatamente técnico-científica.

 

Em grande parte são pessoas que trabalham nas áreas de programação, designers ou construção civil como pintores, pedreiros, eletricistas, entre outros.

 

 

Existe regulamentação, no Brasil, para o profissional liberal ou autônomo?

 

Sim. Todas as profissões, que são oriundas de cursos reconhecidos legalmente, segundo a Constituição Brasileira, podem ser regulamentadas. O profissional liberal está citado na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) no artigo 511 e deve pagar imposto sindical.

 

Quais são as vantagens destas modalidades de trabalho?

 

Para quem opta por ser um profissional liberal ou autônomo conta com a liberdade de escolher sua forma de trabalho e desfrutar de flexibilidade de horário. Não está sujeito a hierarquia, quando não trabalha em uma empresa.

 

Dependendo da atividade, pode realizar suas tarefas home office, ou de qualquer lugar do mundo apenas usando um computador conectado a internet, por exemplo.

 

Porém nem tudo parece a Disneyland e trabalhar no conforto de casa às vezes não funciona para algumas pessoas.

 

É muito importante ser regrado nas atividades quando você não tem ninguém cobrando, ou quando você não precisa bater ponto no horário de chegada e saída.

 

Por mais livre que seja, existem alguns hábitos que precisam ser criados para poder ter um ambiente de trabalho profissional e que você consiga produzir bem.

 

Criar um horário de trabalho, mesmo que seja em casa pode te ajudar a encarar as coisas de forma mais compromissada e assim ajudando você a aproveitar essa liberdade e ganhando mais dinheiro.

 

 

Cuidados importantes que devem ser tomados

 

1. Organização

 

Manter tudo planejado é um dos segredos para o sucesso de um profissional liberal ou autônomo. Já que a renda sofre variações de acordo com o mês, então é importante que haja muito controle financeiro.

 

Também não se pode estabelecer um teto de ganhos com base nos meses de maior renda. Existem meses em que a quantidade de trabalho diminui.

 

Tenha sempre uma reserva para os meses de escassez e mantenha seu orçamento equilibrado.

 

 

Acredite em mim, nem todo mundo nasceu para ser chefe. Tem muita gente que prefere ter alguém cobrando metas e desempenho toda a semana, e isso não é uma coisa ruim, muito pelo contrário, isso é importante.

 

Saber lidar e reconhecer isso quanto antes vai deixar tudo muito mais fácil para saber qual o caminho você vai tomar.

 

 

2. Investimento profissional

 

Quanto mais experiente for um profissional liberal ou autônomo, mais trabalho ele terá, mais oportunidades ele conseguirá criar.

 

O mercado está a procura de peritos, de pessoas que entendam profundamente suas habilidades e que saibam colocar em prática, principalmente para atividades que exigem profundos conhecimentos técnicos.

 

Por isso é importante sempre estar estudando e se profissionalizando, através de cursos de instituições ou até mesmo on-line.

 

Hoje em dia existem diversos cursos na internet das mais variadas profissões e o melhor disso é que muitos deles são de graça. no próprio YouTube você encontra diversos vídeos interessantes.

 

Eu fiz uma pesquisa na internet e achei esses sites de cursos on-line com preços bem acessíveis, e todos com diploma. Vale a pena conferir:

 

- www.iped.com.br

www.educamundo.com.br

www.udemy.com

 

 

3. Marketing: saiba vender!

 

Vá em busca de uma forma de divulgar seu trabalho. Caso você não tenha muita habilidade, contrate uma empresa especializada.

 

Não há dúvidas que o maior marketing que você pode ter é seus clientes falando bem de novo e te indicando para outras pessoas, esses são seus clientes advogados.

 

Porém hoje em dia é preciso de um pouco mais do que essa indicação "boca a boca", você precisa desbravar novos clientes, ser conhecido naquilo que faz e ter autoridade para falar que saber fazer bem.

 

Saber fazer marketing é importante para qualquer pessoa que queira vender alguma coisa, seja um produto ou serviço, não importante se o negócio é pequeno, médio ou grande.

 

As pessoas precisam conhecer, e você precisa saber identificar quem sãos seus principais clientes, aqueles que vão gastar dinheiro no que você sabe fazer. Então aprenda a mostrar para os outros.

 

 

 04 Aposentadoria, seu futuro conforto

 

Um erro muito cometido entre os profissionais “não CLT” é deixar de contribuir com a Previdência Social (INSS).

 

Diferentemente dos trabalhadores com carteira assinada, que têm tudo descontado na folha, quem realizar o pagamento dos impostos é o próprio profissional.

 

Se este cuidado não for tomado, quando a idade para aposentadoria chegar, você não vai ter como se sustentar ou não haverá tempo de contribuição suficiente para ingressar com o pedido.

 

Eduque-se financeiramente e comece a planejar o futuro, quando mais cedo você começar, mais reserva conseguirá fazer.

 

Você também não precisa depender somente do INSS, existem diversos investimentos de renda fixa que são bem seguros e possuem rendimentos melhores do que a poupança.

 

E essa dica vale para qualquer pessoa, seja profissional liberal, autônomo, carteira assinada, funcionário público ou qualquer outro. Invista seu dinheiro pensando no seu futuro.

 

Eu assisto alguns vídeos no YouTube que passam várias dicar bem interessantes como fazer isso, procure você também que não irá se arrepender. Um canal que indico é o Quero Ficar Rico, do Rafael Seabra. 

 

 

05 Ter um seguro talvez seja interessante

 

Não poder trabalhar por ficar doente ou se acidental, ou até mesmo por algo mais mais sério é um pesadelo, por isso comentei que é importante contribuir com o INSS.

 

Se você for uma pessoa bem organizado, essas situações já estarão prevenidas e quando ocorrer você terá uma reserva, certo? Não?

 

Então talvez seja interessante você realizar a cotação de um seguro de vida com uma cobertura chamada Diárias por Incapacidade Temporária, mais conhecida como DIT.

 

Essa cobertura garante um valor diário que você irá receber durante o período que estiver afastado das suas atividades profissionais.

 

O valor é estabelecido previamente no contrato e existem algumas condições em relação ao prazo máximo de recebimento, mas isso tudo varia para cade tipo de situação, o ideal seria fazer uma cotação personaliza com o seu perfil.


Essa é uma cobertura opcional dentro do seguro de vida e que muitas pessoas não conhecem. Além disso, o valor  para ter esse seguro pode custar muito pouco por mês. No meu caso que tenho 30 anos, custa R$ 24,88.

 

Além do seguro de vida existem outros seguros que são mais focados para algumas profissões como o seguro de Responsabilidade Civil para médicos, dentistas e veterinários. Esse, cobre eventuais acidentes durante os procedimentos com os pacientes.

 

Sou  corretor de seguros, profissional liberal com formação técnica e fico a disposição de você se quiser saber mais sobre um seguro para a mesma categoria ou qualquer outra profissão.

 

Se você quiser uma cotação é só entrar em contato comigo através do site da corretora ou mande um e-mail.

 

 

 

Please reload

Mais lidos
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Please reload

10

QUEM ESCREVE OS ARTIGOS

Olá, sou o Lucas Amaro. Sou formado em Administração de Empresas e na Escola Nacional de Seguros. Tenho 30 anos e trabalho com seguros desde os meus 17 anos. Se tiver alguma dúvida pode me enviar por e-mail:

lucasamaro@cobrasguros.com.br.

COTAÇÃO
RÁPIDA
Please reload

Você também pode gostar