calculator (3).png
COTAR SEGURO

Como funciona a franquia no seguro residencial?

03/10/2019

 

 

VOCÊ LÊ EM 1 MINUTO

O seguro residencial é considerado, proporcionalmente, um dos mais baratos que existem no mercado. Isso porque para proteger sua casa que custa R$ 200 mil você irá desembolsar em média R$ 400 por ano para ter essa proteção, cerca de 0,2% do valor do imóvel.

 

Você provavelmente já deve ter escutado sobre esse tipo de seguro, mas uma coisa que quase ninguém sabe e que é muito pouco comentada, mesmo na hora de contratar, é que o seguro residencial também possui franquia.

 

Confira: Seguro residencial na prática, veja como funciona para acionar a cobertura.

 

Assim como em quase todos os outros tipos de seguros patrimoniais, existe aqui também a sua participação no momento do acidente. E essa participação varia entre cada uma das coberturas, por isso é importante você saber como funciona. Veja a seguir detalhes sobre como funciona a franquia no seguro residencial.

 

O QUE É A FRANQUIA NO SEGURO?

 

A franquia no seguro é participação máxima (em dinheiro) que você terá que desembolsar no momento em que acontecer algum dano na sua residência. Mas no seguro residencial ela é um pouco diferente, pois é feita através da dedução da indenização. Ou seja, o valor da franquia será descontado no valor de indenização que você irá receber da seguradora.

 

Cada cobertura contratada dentro da sua apólice residencial possui uma franquia diferente. Esses valores geralmente são expressos com percentuais e valores mínimos e, algumas coberturas, não possuem cobrança de franquia.

 

 

Vamos a um exemplo: você tem contratado na sua apólice a cobertura de danos elétricos com franquia que é dedutível em 10% dos prejuízos com um valor mínimo de R$ 150. Seu ar-condicionado estragou devido ao último temporal e o conserto ficou em R$ 500.  

 

Assim, ao acionar o seguro para solicitar a indenização do conserto você irá receber R$ 350 da seguradora, ou seja, os R$ 500 menos R$ 150 (valor mínimo da franquia).

 

Fica claro que o seguro somente é acionado quando o valor do conserto ou do dano for igual ou maior que o valor mínimo da franquia estipulada. Exemplo: o custo para consertar o ar foi de R$ 100, usando os mesmos valores de franquia acima (10% dos prejuízos com um valor mínimo de R$ 150), nesse caso não seria acionado o seguro.

 

QUAIS SÃO OS TIPOS DE FRANQUIA NO SEGURO RESIDENCIAL?

 

Existem dois tipos de franquia no seguro residencial: simples e dedutível.

 

Franquia simples

Quando a sua participação nos prejuízos é previamente definida no contrato. Veja o exemplo abaixo:

Cobertura de danos elétricos de R$ 2 mil

Franquia de R$ 150

Prejuízos R$ 300

_________________

Você é indenizado em R$ 150

 

Franquia dedutível

Você tem um percentual pré-definido de participação em todos os prejuízos, mas sempre com um valor mínimo. Essa é a opção mais comum oferecida pelas seguradoras. Veja o exemplo abaixo:

 

Cobertura de danos elétricos de R$ 2 mil

Franquia de 10% com mínimo de R$ 200

Prejuízos R$ 300

_________________

Você é indenizado em R$ 100

 

Algumas seguradoras ainda oferecem a opção de escolher entre um valor mínimo para as coberturas. Essa é uma ótima alternativa se você quiser economizar no seguro ou diminuir a dedução da sua indenização. Converse com seu corretor para tirar essas dúvidas e ver qual a melhor opção para você.

 

QUAL A MELHOR FRANQUIA PARA ESCOLHER?

 

Assim como em qualquer tipo de seguro, a franquia está diretamente relacionada ao valor a ser pago. No seguro residencial ela é feita de forma dedutível, ou seja, não é preciso desembolsar para consertar.

 

Não existe a franquia certa ou a franquia errada, existe a franquia que cabe no seu planejamento financeiro. Melhor do que saber qual a melhor franquia é você saber exatamente como ela funciona, quanto e quando será paga.

 

A franquia é inversamente proporcional ao valor do seguro. Explico: quanto MAIOR o valor da franquia MENOR será o valor do seguro, ou seja, quanto MENOR o valor da franquia MAIOR será o valor do seguro.

 

Saber disso é extremamente importante para você não ter nenhuma surpresa no momento mais importante do seu seguro: quando for usar! É muito comum as pessoas quererem “economizar” com uma franquia muito alta, mas quando acontece um acidente elas ficam bravas com o preço alto da franquia.

 

.A dica que eu dou: lembre-se que o pagamento do seguro é algo que você irá fazer com planejamento, você saberá exatamente quando as parcelas irão vencer e isso irá se encaixar perfeitamente no seu orçamento mensal.

 

Please reload

Mais lidos
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Please reload

10

QUEM ESCREVE OS ARTIGOS

Olá, sou o Lucas Amaro. Sou formado em Administração de Empresas e na Escola Nacional de Seguros. Tenho 30 anos e trabalho com seguros desde os meus 17 anos. Se tiver alguma dúvida pode me enviar por e-mail:

lucasamaro@cobrasguros.com.br.

COTAÇÃO
RÁPIDA
Please reload

Você também pode gostar