calculator (3).png
COTAR SEGURO

Seguro residencial para apartamento vale a pena?

13/11/2018

 

Quando se fala em seguro residencial, umas das primeiras coisas que as pessoas se preocupam em proteger sãos os bens contra roubo de furto.

 

De fato proteger a casa contra possíveis invasões é uma das coisas mais importantes, porém muitas vezes esquecemos de observar que existem outros fatores (internos e externos) que podem acabar dando prejuízos a inesperados.

 

É evidente que uma casa é possui mais pontos vulneráveis do que um apartamento como invasão, quebra de telhas com ventos fortes, árvores caindo sobre o muro, alagamento, para citando alguns.

 

Porém não podemos esquecer que morar em um apartamento também tem seus riscos, e quando uma infiltração acontece e prejudica o vizinho de baixo, a dor de cabeça é garantida. Sem falar ainda, mesmo que pouco, os riscos de invasão a condomínios tem aumentado cada vez mais. 

 

 

Diferente do que muitos pensam o fato de morar em um apartamento não é sinônimo de segurança total. Diversos casos de invasão a condomínios residenciais já foram até noticiados.

 

Não dá mais para afirmar com tanta veemência que um apartamento oferece mais segurança do que uma casa. O número de famílias que já passaram pelo horror de terem seus bens roubados, é considerável.

Você também pode gostar:

- Seguro residencial cobre desastres naturais?

- Assistência residencial: o benefício que ninguém conhece

No Brasil ainda existe uma maioria que não se preocupa em contratar um seguro residencial para apartamento. São pessoas, que por residirem nesse tipo de imóvel, creem que estão protegidas e a salvo de qualquer incomodação. 

 

Por outro há aquelas que já entendem que o seguro é importante, porém se esquecem de conferir quais são as cláusulas e coberturas que a apólice garante. Fazem o seguro e depois são surpreendidas por falta de indenizações para alguns sinistros que não estão amparados e por coberturas totalmente desnecessárias.

 

Como funciona um seguro residencial

 

Da mesma forma quando você contrata um seguro para seu carro, o seguro residencial serve para evitar que você tenhas gastos maiores quando tiver a eventualidade de um problema acontecer dentro e fora da sua residência.

 

Como por exemplo: sua casa pode ter o telhado destruído por um forte vendaval, a geladeira pode queimar quando um raio cair muito próximo do seu terreno, a bola de futebol quebrar a porta de vidro, coisas desse tipo.

 

Claro que estatisticamente esses eventos não são tão comuns e fáceis de acontecerem, e é por isso que o custo do seguro chega a custar 10 vezes mais barato do que o seguro do carro.

 

Porém quando ocorre algum sinistro, você que já possui um seguro de carro sabe como é bom poder contar com uma ajuda financeira para cobrir os gastos com os prejuízos gerados.

 

E aqueles que não possuem nenhum tipo de seguro vão, entender a importância em pagar certa de R$ 20,00 por mês para não ter que tirar mais do próprio bolso.

 

Quais são as coberturas que o seguro oferece

 

As básicas são incêndio, queda de raio e explosão. Essas coberturas são de contratação obrigatória, ou seja, todo seguro residencial possui.

 

Além dessas existem as coberturas adicionais para seguro de apartamento que podem ser contratadas de acordo com a necessidade de cada pessoa:

  • Danos elétricos em eletroeletrônicos 

  • Roubo e furto de bens

  • Quebra de vidros (janelas e portas), balcões de mármore e granito

  • Vazamento de canos e tubulações

  • Pagamento do condomínio em caso de desemprego

  • Danos causados no apartamentos dos vizinhos

 

 

Além das coberturas, é inevitável deixar de falar sobre os serviços de assistência residencial. Que funciona, também com o mesmo objetivo do auto, ajudar você solucionar aqueles pequenos probleminhas que acontecem dentre de casa.

 

Os serviços variam de acordo com cada seguradora e o plano contrato, em alguns são mais de 35 serviços disponíveis.

 

Mas o que eu mais gosto de falar, é que muitas vezes o preço do seguro se paga somente usando os serviços, economizando com mão de obra de terceiros.

 

Diferença entre seguro para apartamento e o seguro do condomínio

 

Por lei, o síndico é obrigado a fazer o seguro para proteger as áreas comuns do prédio e toda a infraestrutura do condomínio que é chamado de seguro de condomínio.

 

Se você mora em um apartamento você pode até nem saber as coberturas, mas elas são discutidas normalmente nas reuniões entre os condôminos. 

 

O que muitas pessoas não entendem ou acabam esquecendo é que o seguro cobre apenas as áreas comuns, isso quer dizer que tudo que estiver dentro do seu apartamento não possui cobertura. Você sabia disso?

 

 

Já o seguro contratado pelo morador, é direcionado para proteger tudo o que estiver dentro do apartamento.

 

Em algumas apólices existe a cobertura para os danos causados por fogo dentro dos apartamentos, porém a maioria dos síndicos deixam de contratar devido ao alto custo.  

 

Sendo assim, com um seguro feito por conta própria a seguradora indeniza os prejuízos causados aos móveis, utensílios, equipamentos e demais pertences.

 

Então, contratar um seguro de apartamento vale a pena?

 

Vale a pena sim, desde contratado de forma correta e com as coberturas corretas. Não adianta contratar aquele seguro residencial Itaú ou da Caixa mal feito só porque a sua gerente precisa bater meta.

 

Converse com um especialista no ramo e veja quais sãos os principais riscos que envolvem seu imóvel e procure as coberturas que possam ajudar caso um imprevisto ocorra. 

 

Se o seu apartamento estiver segurado, a parte financeira não será um problema. A companhia de seguros, assim que comunicada, abre o processo de sinistro para que você seja ressarcido. 

 

Incêndio, apesar de ser um acidente mais raro, é uma probabilidade, e quando a destruição é completa. Somente com um seguro é possível garantir que você não tenha um prejuízo tão grande.

 

Quanto custa um seguro residencial para apartamento

 

Seguro residencial é barato, para apartamentos então é mais ainda. Como cada produto dentro de uma seguradora possui suas particularidades, assistências e coberturas, o preço varia.

 

Então vale você sempre cotar em mais de um seguradora, mesmo que esteja renovando, sempre é bom saber como estão os preços nas outras.

 

O mais indicado é procurar um consultor especializado, como falei antes, assim você consegue esclarecer todas as dúvidas.

 

Condomínios são locais onde há muitas áreas comuns onde todos circulam. Por conta disso existem algumas características, no seguro para apartamento, que são específicas para incidentes que podem acontecer em áreas comuns, como um pequeno dano causado ao portão da garagem ou um vazamento que atingiu o vizinho.

 

 

 

 

Please reload

Mais lidos
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Please reload

10

QUEM ESCREVE OS ARTIGOS

Olá, sou o Lucas Amaro. Sou formado em Administração de Empresas e na Escola Nacional de Seguros. Tenho 30 anos e trabalho com seguros desde os meus 17 anos. Se tiver alguma dúvida pode me enviar por e-mail:

lucasamaro@cobrasguros.com.br.

COTAÇÃO
RÁPIDA
Please reload

Você também pode gostar