10 dicas básicas para reformar casas de madeira


Arquitetos vendo projeto

Todo projeto de reforma começa com um bom planejamento. Cálculos, análises, pesquisas e cronograma são fundamentais para que as etapas sejam cumpridas dentro do prazo e sem sustos.

Por isso o arquiteto é indispensável, e mesmo que pareça um custo, pode acreditar, é um investimento. As casas de madeira têm suas particularidades e necessitam de cuidados especiais. Vou listar aqui os principais que você precisa ter, antes de iniciar sua reforma.

Outros artigos interessantes:

++ 4 dicas muitos simples para evitar mofos e umidade em casa

++ Como prevenir danos causados por desastres naturais

1. Contrate um especialista

Inicie uma busca por um profissional que possa lhe apresentar um orçamento e ideias para reformar sua casa. Busque referências em sua região, avalie o portfólio, veja em sites de reclamação se há algum apontamento e verifique se ele é certificado.

Nunca faça qualquer negócio sem um contrato bem elaborado e com detalhes do serviço, inclusive com prazo de entrega e valor acertado para a reforma.

Engenheira trabalhando na mesa

2. Atenção com a estrutura

Iniciar a reforma sem verificar toda a sua estrutura não é o ideal. Por isso mesmo, confirme se esta avaliação foi feita pelo profissional que você contratou. Se possível, esteja presente no momento da vistoria.

Quanto mais antiga for a casa, mais importante será realizar essa checagem. Se a reforma envolver aumento de espaço ou retirada de paredes para deixar sua casa mais moderna, esta etapa é ainda mais fundamental.

Homem montando peças de madeira

3. Umidade e pragas

Verifique a presença de infiltrações para corrigi-las. O ataque de cupins ou brocas também é muito comum, por isso é importante confirmar se este problema existe e chamar uma empresa especializada na exterminação de pragas.

Os indícios de umidade são, muitas vezes, fáceis de serem identificados, caracterizando-se por manchas escuras, mau cheiro, mofos e formação de bolhas.

Cuidar previamente de qualquer tipo de problema relacionado a umidade irá, sem dúvida, evitar uma enorme dor de cabeça futuramente. Por isso é importante descobrir quais são as causas e providenciar as soluções mais adequadas.

Dependendo da região que a casa se encontra, todos esses cuidados devem ser redobrados.

4. Cheque documentação

Existem leis diferenciadas em cada município, tanto para construção quanto para reforma de casas, mesmo quando são de madeira. Antes de qualquer iniciativa, veja junto a prefeitura de sua cidade se são exigidas autorizações ou licenças para sua obra.

Banner cotação seguro residencial

5. Monte um cronograma

Faça uma planilha com todas as etapas da reforma. Coloque as datas de início e fim, relacione o custo estimado com mão de obra e materiais. Isto te dará uma visão geral do seu investimento.

Mulher mostrando cronograma de tarefas

6. Elabore o projeto

Ao criar o passo a passo você organiza as ideias e é neste momento que a parte de execução é definida. Junto com o profissional contratado, avalie quais são os reparos, modernizações, atualizações ou reforços que precisarão ser efetuados.

Tudo começa com uma vistoria detalhada onde são analisadas as estruturas, instalações elétricas, encanamento, paredes, etc.

Projeto de arquitetura

7. Pesquise preços

Muitos arquitetos possuem equipes e fornecedores com os quais já estão acostumados a trabalhar, e pode ter certeza que isso faz toda a diferença. Provavelmente você não encontre preços menores com os melhores profissionais, mas acredite, aqui vale muito a regra do "barato que sai caro".

Não deixe de fazer orçamentos com mais de um profissional, mas evite aqueles que não possuem nenhum tipo de experiência, caso contrário ele pode te te passar o valor e no final você acaba gastando bem mais.

Fazer uma reforma pode ser uma coisa muito legal, muitas vezes a realização de um sonho para muitas pessoas, por isso é extremamente importante tomar esses cuidados para que não acabe virando um pesadelo para toda a família.

Homem fazendo contas

8. Impermeabilização

Como a madeira é um material não resistente a umidade é imprescindível que seja feito um tratamento em todas as suas partes, desde as paredes externas até as internas. A melhor forma é você pesquisar e descobrir quais são os melhores métodos de impermeabilização da madeira.