top of page
  • Lucas Amaro

(Setembro 2022) O seguro das 10 motos mais vendidas

Atualizado: 27 de set. de 2023



motos-mais-vendidas-setembro-2022

Confira quais foram as motos mais vendidas no Brasil em setembro de 2022. Os dados dessa pesquisa foram retirados do site da Fenabrave, considerando apenas motos 0 km e os modelos de entrada.


Como sempre, em destaque de venda a Honda CG 160 vendeu 35.515 unidades em setembro de 2022, acumulando 277.498 unidades em 2022. Isso representa cerca de 27,97% de participação no mercado geral de todas as categorias de motos.


As 10 motos mais vendidas em setembro totalizam 97.637 unidades, e todas são motos de pequena cilindradas. Se você quiser saber quais são as motos de 500cc mais baratas, temos um artigo falando sobre isso, confira!


Se você está pensando em comprar ou trocar de moto, confira o ainda o preço de seguro de moto de cada modelo. No final do ranking está a descrição completa da metodologia utilizada para chegar nos valores médios de cada seguro.


Ranking: seguro das 10 motos mais vendidas em setembro 2022


1° Honda CG 160 – 35.515 unidades


honda-cg-160

Preço médio do seguro: R$ 1.170,00


* Cobertura de seguro exclusiva roubo e furto, calculado utilizando perfil motorista masculino, 35 anos nas cidades de: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador e Fortaleza.


2° Honda Biz – 18.599 unidades


honda-biz

Preço médio do seguro: R$ 442,00


* Cobertura de seguro exclusiva roubo e furto, calculado utilizando perfil motorista masculino, 35 anos nas cidades de: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador e Fortaleza.


3° Honda NXR 160 – 14.143 unidades


honda-nxr-160

Preço médio do seguro: R$ 1.370,00


* Cobertura de seguro exclusiva roubo e furto, calculado utilizando perfil motorista masculino, 35 anos nas cidades de: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador e Fortaleza.


4° Honda Pop – 11.042 unidades


honda-pop

Preço médio do seguro: R$ 343,00


* Cobertura de seguro exclusiva roubo e furto, calculado utilizando perfil motorista masculino, 35 anos nas cidades de: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador e Fortaleza.


5° Honda CB Twister – 3.851 unidades


honda-cb-twister

Preço médio do seguro: R$ 1.538,00


* Cobertura de seguro exclusiva roubo e furto, calculado utilizando perfil motorista masculino, 35 anos nas cidades de: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador e Fortaleza.


6° Yamaha Fazer 250 - 3.246 unidades


yamaha-fazer-250

Preço médio do seguro: R$ 1.352,00


* Cobertura de seguro exclusiva roubo e furto, calculado utilizando perfil motorista masculino, 35 anos nas cidades de: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador e Fortaleza.


7° Yamaha XTZ 250 - 3.217 unidades


yamaha-xtz-250

Preço médio do seguro: R$ 1.355,00


* Cobertura de seguro exclusiva roubo e furto, calculado utilizando perfil motorista masculino, 35 anos nas cidades de: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador e Fortaleza.


8° Honda PCX - 2.816 unidades


honda-pcx

Preço médio do seguro: R$ 1.173,00


* Cobertura de seguro exclusiva roubo e furto, calculado utilizando perfil motorista masculino, 35 anos nas cidades de: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador e Fortaleza.


9° Yamaha YBR 150 - 2.712 unidades


yamaha-ybr-150

Preço médio do seguro: R$ 1.297,00


* Cobertura de seguro exclusiva roubo e furto, calculado utilizando perfil motorista masculino, 35 anos nas cidades de: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador e Fortaleza.


10° Honda XRE 300 - 2.496 unidades


honda-xre-300

Preço médio do seguro: R$ 2.525,00


* Cobertura de seguro exclusiva roubo e furto, calculado utilizando perfil motorista masculino, 35 anos nas cidades de: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador e Fortaleza.


Como foi calculado o preço de seguro?


Para chegar no preço médio de seguro para cada moto levei em consideração o perfil de principal motorista homem (o custo geralmente é maior do que mulher), com 35 anos, solteiro, com garagem fechada em apartamento e no trabalho.

Considerei a cobertura de seguro exclusiva roubo e furto, pois alguns modelos possuem restrição de aceitação na cobertura total (que incluí danos parciais) em algumas cidades, como São Paulo e Rio de Janeiro.


Usei na pesquisa as cinco capitais com o maior número de população, que são: São, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador e Fortaleza.


Calculei o preço de seguro considerando a região central de cada cidade, somei o valor total e fiz a divisão pelo mesmo número de capitais. Confira abaixo a tabela com o preço em cada uma delas:


seguro-motos-mais-vendidas-setembro-2022
Tabela: Preço seguro das motos mais vendidas setembro 2022.

O Rio de Janeiro é a capital com o valor mais caro para seguro. Isso está diretamente relacionado ao alto índice de roubo e furto de carros na região. Alguns modelos de carro e principalmente de moto nem são aceitos pelas seguradoras.


Coberturas do seguro de moto


1. Cobertura compreensiva


A cobertura compreensiva oferece a proteção mais completa, e mesmo com tantas opções com preços menores, ela continua sendo a mais procurada pelos motociclistas. Claro, proporcionalmente também será a cobertura com o preço mais caro.


Ela protege sua moto contra incêndio, roubo, furto, colisão com perda parcial, colisão com perda total e danos contra terceiros. Com ela, não há com o que se preocupar quando acontecer qualquer coisa com sua moto, basta acionar a sua corretora de seguros.


Nessa cobertura, as seguradoras são mais exigentes na hora de aceitar os modelos de motos, então motos com fabricação mais antiga, principalmente importadas muitas vezes não são aceitas.


2. Cobertura roubo, furto, perda total por colisão e danos contra terceiros


É uma opção quase completa, a principal diferença entre a cobertura compreensiva é que não irá indenizar em casos de perda parcial para sua moto, ou seja, não cobre o conserto dela na oficina caso precise arrumar.


Tem um preço ligeiramente menor do que a primeira opção, porém a grande vantagem é que aceita quase todos os modelos de motos. Você consegue fazer o seguro de moto antiga e de moto importada, independente do ano de fabricação.


As coberturas oferecidas são: roubo, furto, perda total por colisão e danos contra terceiros. Se essa opção se encaixa no seu perfil de motorista então solicite uma cotação de seguro agora mesmo.


3. Cobertura roubo, furto e perda total por colisão


Roubo e furto com certeza é um dos maiores medos de todo o motociclista, e ficar sem essa cobertura é indispensável para quem está na rua todos os dias com sua moto. Se for esse seu caso então essa pode ser uma ótima opção para você.


Além de aceitação quase todos os modelos de motos, independente do ano de fabricação e a nacionalidade, o preço chega a custa 30% menos do que um seguro com cobertura compreensiva.


Essa opção irá lhe indenizar caso sua moto seja roubada ou furtada ou sofra um acidente caracterizado como perda total, pagando até 100% do valor da tabela Fipe.


4. Cobertura roubo, furto e danos contra terceiros


Nesse opção você está protegendo sua moto contra uma das principais preocupações de todo o brasileiro: roubo e furto. Além disso está incluída a cobertura de danos causados em veículos e propriedades de terceiros, que também é muito importante.


Possui um preço de seguro bem mais atraente, chegando a custar 50% menos do que a cobertura compreensiva. Também aceita quase todos os modelos de motos, é uma ótima opção para quem não quer gastar muito mas não dispensa ficar sem proteção.


As coberturas oferecidas são: roubo, furto e danos contra terceiros. Se essa opção se encaixa no seu perfil de motociclista então solicite uma cotação de seguro agora mesmo.


5. Cobertura roubo e furto


Se grana está curta mas você não dispensa proteger seu carro também existe uma solução. Um seguro contra roubo e furto pode custar até 60% menos, é a opção de seguro de moto barato mais indicada hoje no mercado.


Aceita praticamente todos os modelos de motos, nacionais e importadas, e ainda oferece uma assistência 24h com diversos serviços além do guincho. E o melhor: possui abrangência em todo o Brasil. Se essa opção se encaixa no seu perfil de motorista então solicite uma cotação de seguro agora mesmo.


6. Contra terceiros


Por fim, a última cobertura e seguindo a linha de proteção, a cobertura contra terceiros é que oferece menos proteção para sua moto. Na verdade ela não protege sua moto e sim os veículos e propriedades de outros pessoas caso você cause um acidente.


Mas não se engane, ela pode parecer desnecessária quando trazido individualmente, porém é de extrema importância para garantir que você não fique com uma dívida enorme para consertar o carro a moto de outra pessoa.

Comments


bottom of page