Como funciona a cobertura de diária por incapacidade temporária?

Atualizado: 22 de mar.


como-funciona-cobertura-diaria-incapacidade-temporaria

Se você é um profissional liberal ou autônomo, sabia que é possível receber um valor diariamente caso aconteça algum tipo de acidente e você fique impossibilitado(a) de trabalhar? Sim, esse benefício é uma cobertura adicional do seguro de vida.


A diária por incapacidade temporária, também conhecida como D.I.T., é uma cobertura disponível para quem está pensando em contratar uma apólice de seguro de vida, seja para morte natural como acidental, e faz parte daquelas coberturas que você pode usar em vida!


Nesse artigo eu vou te contar como funciona a cobertura de diária por incapacidade temporária, o que ela cobre, o que ela não cobre, quanto custa, quais as franquias envolvidas e se vale a pena você contratar.


Como funciona a cobertura de diária por incapacidade temporária?


Consiste no pagamento de diárias, seja por motivo de acidente pessoal ou também doença, e você venha a ficar afastado(a) totalmente de qualquer atividade relativa à sua profissão ou ocupação, durante a vigência da sua apólice.


O valor da diária deverá ser compatível com a sua renda mensal, que poderá ser solicitada no momento da contratação ou em caso de sinistro. Se a diária contratada for superior a 1/30 da renda mensal informada, o pagamento será realizado pelo valor da renda contratada.


Porém é importante você saber que se ficar comprovada má-fé no que tange à informação constante na proposta de contratação, você poderá perder ao recebimento da indenização.


O que cobre a cobertura de diária por incapacidade?


A cobertura de D.I.T. oferece assistência tanto em casos de acidentes como em casos de doenças. Confira abaixo quais são as abrangências em ambas as situações:


Cobertura em casos de acidentes

Cobre os dias em que você ficar afastado(a), por motivo de acidente pessoal, e precise ficar 100% sem trabalhar ou exercer qualquer atividade relativa à sua profissão ou ocupação, de forma contínua e temporária.


Para começar a receber o benefício é preciso que o período seja superior a 10 (dez) dias ou 7 (sete) dias, dependendo do tipo de franquia contratada, caracterizado por determinação médica e comprovado por exames complementares.


Cobertura em casos de doenças

Confira as doenças cobertas:

1. Derrame;

2. Câncer;

3. Cirurgia de revascularização miocárdica com implante de pontes vasculares nas artérias coronarianas (Bypass);

4. Infarto agudo do miocárdio;

5. Insuficiência renal terminal;

6. Transplantes de órgãos;

7. Cirurgia da aorta;

8. Cirurgia das valvas cardíacas;

9. Esclerose múltipla;

10. Doença de Alzheimer.


O que não cobre a cobertura de diária por incapacidade?


No seguro sempre é importante saber o que ele cobre, porém tão importante quanto ou talvez até mais, é saber o que não está coberto. Confira abaixo quais são as principais exclusões na cobertura de D.I.T., assim você nunca será pego(a) de surpresa.


a. Gravidez e suas intercorrências, bem como parto ou aborto e suas consequências, exceto se decorrentes de acidente pessoal coberto, neste caso, será necessária a comprovação do nexo causal por meio de exames de imagem realizados na ocasião do acidente;


b. Anomalias congênitas de conhecimento prévio e não declaradas na proposta de contratação;


c. Tratamento clínicos ou cirúrgicos para esterilidade, infertilidade, métodos contraceptivos, inseminação artificial e mudança de sexo, incluída a correção de varicocele; histerectomia/mastectomia, entre outros;


d. Tratamento clínico e/ou cirúrgico para estética em suas várias modalidades e suas consequências, mamoplastias redutoras, tratamentos para senilidade, geriatria, rejuvenescimento, repouso e convalescença, cirurgias plásticas com finalidades estéticas ou embelezadoras e suas consequências, exceto as restauradoras de funções em órgãos, membros e regiões, realizadas exclusivamente em decorrência de acidentes pessoais.


e. Tratamento clinico ou cirúrgico para obesidade em suas várias modalidades e suas consequências, exceto a gastroplastia.


f. Procedimentos não previstos no Código Brasileiro de Ética Médica e não reconhecidos pelo Serviço Nacional de Fiscalização de Medicina e Farmácia;


g. Todas as doenças ou transtornos mentais, síndrome do pânico, estresse ou quaisquer outros desvios comportamentais e psiquiátricos;


h. Cirurgias ortognáticas, tratamentos dentários, ortodônticos e intervenções por razões reparadoras, salvo os consequentes de acidentes ocorridos durante a vigência da apólice;


i. Tratamento fisioterápico, exceto decorrente de doenças neurológicas;


j. As instabilidades crônicas (agudizadas ou não), incluindo as lesões meniscais e ligamentares de joelho e lesões de ombro de característica degenerativa, síndromes do impacto, lesões de supra espinhais, luxações recidivantes de qualquer articulação, exceto após tratamento cirúrgico;


k. Período que antecede a cirúrgica agendada/programada, salvo se for comprovado que durante este período houve afastamento médico.


Importante ainda você saber que caso o você esteja afastado(a) de suas atividades profissionais ou sua ocupação habitual e sua incapacidade temporária venha a evoluir para uma invalidez permanente total ou parcial por acidente, comprovada por laudo médico, esta cobertura cessará automaticamente.

III. Também ficam expressamente excluídos da cobertura qualquer afastamento decorrente de invalidez permanente, total ou parcial por acidente, tendo em vista que esta cobertura cobre apenas diárias por incapacidade temporária.


Quanto custa a cobertura no seguro?


Por se tratar de uma cobertura do seguro de vida que pode ser usada em vida, as diárias por incapacidade temporária possuem um custo relativamente expressivo no seguro. E claro, o custo varia de acordo com o valor escolhido para receber.


É recomendável que o valor seja no máximo 1/30 do seu salário mensal, ou seja, se você recebe R$ 5 mil por mês então R$ 166/dia. Vou trazer abaixo um exemplo que fiz considerando o meu perfil (homem com 33 anos) com cobertura básica de morte em R$ 100 mil.


Na tabela acima conseguimos ver o quanto representa a cobertura de DIT em uma apólice de seguro. Considerando que o preço total pago seria de R$ 48,68 ela representa cerca de 76,30%.


cotar-seguro-online

É uma cobertura que pode ajudar financeiramente em momentos muito importantes, porém é preciso ser contratada com muita cautela e análise para evitar gastos desnecessários.


Recomendo muito para profissionais liberais e autônomos, que não possam ficar sem trabalhar pare receber sua renda.


Franquias no seguro


Sim, existe franquia para a cobertura de DIT. Aqui ela está ligada ao tempo em que o segurado(a) ficar sem poder exercer suas atividades. A partir desse período que é estipulado previamente, é que o benefício começará a ser pago pela seguradora.


Existem dois tipos de franquias: para casos de doenças e para acidentes. Você pode escolher entre uma franquia que começa a lhe pagar o benefício em duas situações diferentes:


a. 10 dias para doenças e 10 dias para acidentes, e;

b. 10 dias para doenças e 7 dias para acidentes.


A segunda opção é considerada a franquia reduzida, e acabe sendo cerca de 20% mais cara.


Vale a pena contratar?


Com certeza vale! Porém, como dito antes, é indispensável que você fala uma análise sobre a sua situação financeira primeiramente. Algumas perguntas você deve fazer para contratar de forma correta:


a. Dependo 100% da minha atividade para receber meu salário?

b. Caso eu preciso ficar afastado, tenho algum tipo de benefício para ajudar com minhas despesas?

c. Que tipo de acidentes ou doenças esse benefício cobre?

d. Quanto eu precisaria receber para cobrir minhas despesas mensais?


Contar exclusivamente com o auxílio do INSS talvez não seja suficiente, então mesmo você tendo sua carteira de trabalho assinada vale a pena pensar na opção em contratar o seguro com a cobertura de diária por incapacidade.