top of page
  • Lucas Amaro

O Guia completo para seguro de moto scooter


seguro-moto-scooter

Você adora a liberdade que sua scooter oferece. A sensação do vento no rosto enquanto percorre as ruas da cidade é inigualável.


Mas, como qualquer veículo, sua scooter também está sujeita a riscos. É aí que entra o seguro para scooter. Neste artigo, vamos explorar o mundo dos seguros para scooters, cobertura, seguradoras disponíveis, scooters mais baratas para segurar e se realmente vale a pena investir em um seguro para sua moto scooter.


O que o seguro de moto scooter cobre?


Quando se trata de seguro, provavelmente a primeira pergunta que vem à mente é: o que exatamente esse ele cobre? Vamos analisar em detalhes cada cobertura disponível:


1. Cobertura compreensiva


A cobertura compreensiva oferece a proteção mais completa, e mesmo com tantas opções com preços menores, ela continua sendo a mais procurada pelos motociclistas. Claro, proporcionalmente também será a cobertura com o preço mais caro.


Ela protege sua moto contra incêndio, roubo, furto, colisão com perda parcial, colisão com perda total e danos contra terceiros. Com ela, não há com o que se preocupar quando acontecer qualquer coisa com sua moto, basta acionar a sua corretora de seguros.


Nessa cobertura, as seguradoras são mais exigentes na hora de aceitar os modelos de motos, então motos com fabricação mais antiga, principalmente importadas muitas vezes não são aceitas.


Além das coberturas acima que estão automaticamente incluídas nessa modalidade, você também consegue escolher entre diversas coberturas adicionais que poderão te ajudar a resolver futuros imprevistos ocorridos no seu dia a dia.


São muitas opções como: faróis, lanternas, retrovisores, acidentes com passageiros, danos morais, despesas extras, proteção para malas e bagageiros, carta verde. Mas vale lembrar que é sempre analisar antes se você realmente precisa, pois tudo irá influenciar no preço final do seu contrato.


2. Cobertura roubo, furto, perda total por colisão e danos contra terceiros


É uma opção quase completa, a principal diferença entre a cobertura compreensiva é que não irá indenizar em casos de perda parcial para sua moto, ou seja, não cobre o conserto dela na oficina caso precise arrumar.


Tem um preço ligeiramente menor do que a primeira opção, porém a grande vantagem é que aceita quase todos os modelos de motos. Você consegue fazer o seguro de moto antiga e de moto importada, independente do ano de fabricação.


As coberturas oferecidas são: roubo, furto, perda total por colisão e danos contra terceiros. Se essa opção se encaixa no seu perfil de motorista então solicite uma cotação de seguro agora mesmo.


3. Cobertura roubo, furto e perda total por colisão


Roubo e furto com certeza é um dos maiores medos de todo o motociclista, e ficar sem essa cobertura é indispensável para quem está na rua todos os dias com sua moto. Se for esse seu caso então essa pode ser uma ótima opção para você.


Além de aceitação quase todos os modelos de motos, independente do ano de fabricação e a nacionalidade, o preço chega a custa 30% menos do que um seguro com cobertura compreensiva.


Essa opção irá lhe indenizar caso sua moto seja roubada ou furtada ou sofra um acidente caracterizado como perda total, pagando até 100% do valor da tabela Fipe.


4. Cobertura roubo, furto e danos contra terceiros


Nesse opção você está protegendo sua moto contra uma das principais preocupações de todo o brasileiro: roubo e furto. Além disso está incluída a cobertura de danos causados em veículos e propriedades de terceiros, que também é muito importante.


Possui um preço de seguro bem mais atraente, chegando a custar 50% menos do que a cobertura compreensiva. Também aceita quase todos os modelos de motos, é uma ótima opção para quem não quer gastar muito mas não dispensa ficar sem proteção.


As coberturas oferecidas são: roubo, furto e danos contra terceiros. Se essa opção se encaixa no seu perfil de motociclista então solicite uma cotação de seguro agora mesmo.


5. Cobertura roubo e furto


Se grana está curta mas você não dispensa proteger seu carro também existe uma solução. Um seguro contra roubo e furto pode custar até 60% menos, é a opção de seguro de moto barato mais indicada hoje no mercado.


Aceita praticamente todos os modelos de motos, nacionais e importadas, e ainda oferece uma assistência 24h com diversos serviços além do guincho. E o melhor: possui abrangência em todo o Brasil. Se essa opção se encaixa no seu perfil de motorista então solicite uma cotação de seguro agora mesmo.


6. Contra terceiros


Por fim, a última cobertura e seguindo a linha de proteção, a cobertura contra terceiros é que oferece menos proteção para sua moto. Na verdade ela não protege sua moto e sim os veículos e propriedades de outros pessoas caso você cause um acidente.


Mas não se engane, ela pode parecer desnecessária quando trazido individualmente, porém é de extrema importância para garantir que você não fique com uma dívida enorme para consertar o carro a moto de outra pessoa.


Afinal de contas, ninguém está impune de um belo dia sair de casa com o carro e bater na traseira de uma BMW, certo? Também aceita praticamente todos os modelos de carros, e na opinião aqui da corretora, deveria ser um seguro obrigatório.


Quais seguradoras fazem seguro para moto scooter?


Agora que você entende o que o seguro para scooter pode cobrir, é importante saber quais seguradoras oferecem esse tipo de proteção. Aqui estão algumas das principais seguradoras que oferecem seguro para scooters:



Essas seguradoras podem oferecer coberturas específicas para scooters e podem ser uma escolha sólida se você deseja uma apólice adaptada às suas necessidades de motociclista.


Motos scooter mais baratas para seguro


Agora que você conhece as diferentes coberturas de seguro para scooter e sabe onde pode obter uma apólice, pode estar se perguntando se algumas scooters são mais baratas de segurar do que outras.


A resposta é sim. O custo do seguro para scooter pode variar significativamente com base no modelo da scooter, na marca e em outros fatores. Aqui estão algumas dicas para encontrar scooters mais baratas para segurar:


1. Escolha um Modelo Menos Potente


Scooters com motores menos potentes geralmente têm preços de seguro mais baixos. Isso ocorre porque eles são considerados menos arriscados em termos de acidentes graves. Se você está procurando economizar no seguro, considere uma scooter com um motor menor.


2. Opte por um Modelo Popular


Scooters populares costumam ser mais baratas para segurar, pois as peças de reposição são mais facilmente disponíveis e os mecânicos têm mais experiência com esses modelos. Além disso, as seguradoras podem oferecer descontos para scooters que são conhecidas por serem confiáveis.


3. Instale Dispositivos de Segurança


Melhorar a segurança da sua scooter pode resultar em prêmios de seguro mais baixos. Considere a instalação de dispositivos como alarmes, travas de disco ou sistemas de rastreamento GPS. Essas medidas podem dissuadir roubo e vandalismos, o que é algo que as seguradoras valorizam.


4. Mantenha um Histórico de Condução Limpo


Assim como no seguro de automóveis, um histórico de condução limpo pode ajudar a manter seus prêmios de seguro mais baixos. Evitar acidentes e infrações de trânsito é fundamental para manter seus custos de seguro sob controle.


5. Escolha um Seguro com Franquia mais Alta


Se você está disposto a assumir mais responsabilidade financeira em caso de sinistro, optar por uma apólice com uma franquia mais alta pode reduzir seus prêmios mensais. Certifique-se de escolher uma franquia que você pode pagar confortavelmente, caso precise acionar o seguro.


Vale a pena contratar seguro para moto scooter?


Agora, a pergunta crucial: vale a pena contratar seguro para sua moto scooter? A resposta a essa pergunta depende de vários fatores, incluindo suas circunstâncias individuais e a importância que você atribui à proteção financeira. Vamos analisar os prós e contras de investir em um seguro para sua scooter.


Prós:


  • Proteção Financeira em Caso de Acidente


O maior benefício de ter um seguro para scooter é a proteção financeira que ele oferece em caso de acidente. Se você se envolver em uma colisão ou sua scooter for roubada, o seguro pode cobrir os custos de reparo ou substituição, o que pode ser uma economia significativa.


  • Conformidade Legal


Em muitas jurisdições, o seguro para scooter é obrigatório. Se você não tiver seguro e for pego, poderá enfrentar multas e penalidades significativas. Portanto, contratar um seguro é uma maneira de cumprir a lei.


  • Paz de Espírito


Saber que sua scooter está protegida pode proporcionar uma sensação de paz de espírito. Você não precisa se preocupar constantemente com o que aconteceria em caso de acidente ou roubo.


Contras:


  • Custo Mensal


O custo mensal do seguro para scooter pode adicionar um valor considerável aos seus gastos. Se você está em um orçamento apertado, pode achar difícil pagar pelo seguro.


  • Risco Baixo


Se você é um motociclista extremamente cauteloso e raramente utiliza sua scooter, pode argumentar que o risco de um acidente é baixo. Nesse caso, o custo do seguro pode parecer desnecessário.


  • Depreciação da Scooter


Scooters perdem valor com o tempo, e o valor de mercado pode ser muito menor do que o que você pagou inicialmente. Se você tiver uma scooter usada e o prêmio do seguro for alto, a relação custo-benefício pode ser desfavorável.


Em última análise, a decisão de contratar um seguro para sua moto scooter depende das suas circunstâncias pessoais.


É importante considerar o valor da sua scooter, o risco de acidentes na sua área, seu histórico de condução e seu orçamento. Você pode obter cotações de diferentes seguradoras e comparar os custos para tomar uma decisão informada.


Conclusão


O seguro para scooter é uma forma importante de proteger seu investimento e sua segurança financeira. Ele oferece cobertura em caso de acidentes, roubo, danos e muito mais.


Ao escolher o seguro para sua scooter, é fundamental entender as diferentes opções de cobertura, pesquisar seguradoras, considerar o modelo da scooter e avaliar seus próprios requisitos e orçamento.


Lembre-se de que, em muitos casos, o seguro para scooter não é apenas uma opção, mas também uma obrigação legal. Portanto, certifique-se de cumprir as regulamentações locais e garantir que sua scooter esteja devidamente protegida.


Em última análise, a decisão de contratar um seguro para sua moto scooter é uma escolha pessoal que requer avaliação cuidadosa.


Pese os prós e contras, obtenha várias cotações e escolha a apólice que melhor atenda às suas necessidades e circunstâncias individuais.


Com a proteção certa, você pode desfrutar de sua scooter com tranquilidade, sabendo que está preparado para qualquer imprevisto que possa surgir.

Comments


bottom of page